os 12 odiados

A rota daria uma belíssima sequela do famoso filme de Quentin Tarantino: desde uma 'gravelada' à beira de um rio - chamado Nabão - que está praticamente sempre seco, passando por uma ascensão com perfil de alta-monta... monte em Terras do Sicó, a um estradão em zona eucaliptal na fronteira dos distritos de Leiria e Santarém - que só com bastante imaginação se aparenta com a fronteira mexicana. Um autêntico western spaghetti. Tudo isto em pouco mais de 90 quilómetros e 1.200 metros de acumulado. Aparentemente acessível, mas apenas até encontrares as curtas e acentuadas subidas que facilmente ultrapassam os 10% de inclinação. O ponto de partida e chegada está localizado em Albergaria-dos-Doze (nas imediações da estação ferroviária) - que, contrariando a sua toponímia, é uma localidade com pouca oferta hoteleira. A rota/desafio 'Os 12 Odiados'' está classificada com um grau de dificuldade ESTRATOSFÉRICO (2/5).

ABASTECIMENTO

  • KM 38/95 (40/100%) | Vila: Ansião | Cafés e Supermercados
  • KM 71/95 (75/100%) | Localidade: Bemposta | Fonte de Água Potável

PONTOS DE ALERTA

  • KM 04-16 | 'Estradão dos Distritos' tem várias intersecções rodoviárias;
  • KM 24-24 | 'Canito' com instinto demasiado protetor da sua propriedade;
  • KM 49-50 | Descida acentuada em pavê com tráfego automóvel frequente;
  • KM 67-71 | Possibilidade de concentração de lama no 2º sector do Nabão;
  • KM 92-94 | Tráfego de camiões/pesados no último sector 'gravel'.

A rota encontra-se num território de transição geográfica e diversificado em termos paisagísticos, no limiar de um prolongamento esquecido do Ribatejo e das montanhas do Sistema Central. O que proporciona uma panóplia de tipos de superficies 'gravel'. Faltando bons vinhos e queijos na região (ou, pelo menos, mais mediáticos), fica esta proposta de degustação em que não há margem para tédio. O 'Estradão dos Distritos' e a primeira parte do 'Sector do Nabão' são os petiscos cá do sítio. De extensão generosa, suaves e rápidos, mas com as devidas oscilações de declive. Em certos pontos do percurso será necessário, eventualmente, colocar o pé no chão, em particular quando a concentração de pedras 'coincide' com descidas acentuadas. Não é vergonha tirar o rabo do selim, especialmente quando se pretende preservar o mesmo. 'Os 12 Odiados' beneficia de caminhos de qualidade muito decente, numa região improvável para a prática de 'gravel'. Portanto, com motivos para surpreender. (.gpx)

RIDERTEMPOPONTOS
065MB03:39:2815
043JA04:17:4515
080RV04:28:3815
060RC05:35:0010
048TM05:51:0010
023DP05:52:006
098SR05:52:396
035AR06:07:364
009LG07:56:004