A trans montana

'De Bragança a Lisboa são 9 horas de distância'. E para se percorrer os aproximadamente 100 quilómetros e 2.000 metros de acumulado da rota 'A TRANS MONTANA' não se levará muito menos tempos. Eventualmente, até mais. De qualquer modo, tudo tranquilo e mantém a calma. Não é caso para chutos e pontapés, pois estás perante uma das rotas mais espetaculares da Gravosfera e num dos territórios menos conhecidos em Portugal: a Serra do Montesinho. Por isso, leva o teu tempo e aprecia a paisagem. E deixamos uma nota: o troço 'gravel' destas montanhas é muito provavelmente o mais entusiasmante das 18 rotas. Uma belíssima surpresa que nos foi proporcionada pelo KCC Cycling - o parceiro deste desafio. A rota 'A TRANS MONTANA'' está classificada com um grau de dificuldade TERMOSFÉRICO (4/5).

ABASTECIMENTO

  • KM 42/99 (42/100%) | Aldeia: França | Café 
  • KM 47/99 (47/100%) | Aldeia: Aveleda | Café
  • KM 69/99 (69/100%) | Aldeia: Rio de Onor | Café
  • KM 90/99 (90/100%) | Aldeia: Gimonde | Café

PONTOS DE ALERTA (!)

  • KM 00-02 | Tráfego automóvel considerável em e à saída de Bragança;
  • KM 32-32 | Atravessamento de estrada municipal no sector 'gravel' do Montesinho; 
  • KM 64-64 | Descida acentuada em zona turística em Rio de Onor.
  • KM 97-99 | Pavé irregular na zona histórica de Bragança.

O Parque Natural do Montesinho é a casa da rota/desafio 'A TRANS MONTANA'. E da cidade - Bragança - à natureza/serra é um instante. O percurso segue a N308-3 para que o acesso ao parque natural seja o mais rápido o quanto possível, pois a jornada pelas serras será bem longa e exigente. É aqui que se encontra o 'famoso' sector 'gravel' do Montesinho (com 28 quilómetros de extensão), que se inicia com uma ascensão rodeada pelos imponentes rochedos graníticos - a lembrar outras localizações serranas nacionais. Segue-se o planalto junto das barragens de Veiguinhas e de Serra Serrada, atecedendo a descida até ao vale do Rio Sabor - veloz e apelando às capacidades técnicas. A rota incorpora um outro longo troço 'gravel' - com 22 quilómetros de extensão e tendencialmente em descida pelo vale do Rio de Onor - que nos leva desde as imediações fronteiriças até à aldeia de Gimonde. A rota/desafio 'A TRANS MONTANA' tem ponto de partida e chegada  na Praça da Sé de Bragança - cidade histórica transmontana no extremo Nordeste de Portugal continental.

'A TRANS MONTANA' PARTNER: